Skip to main content Skip to search


Douro’s Inland Waterway 2020 – Phase I (CEF-T)

O projeto Douro’s Inland Waterway 2020tem como objetivo principal melhorar as condições de navegabilidade da Via Navegável do Douro (VND) e consequentemente melhorar os seus fluxos de tráfego. Este projeto irá contribuir para o melhoramentoda ligação entre a frente atlântica e a Europa, apoiando o crescimento dinâmico de políticas comerciais e de transportes europeias, nomeadamente no que se refere ao transporte de mercadorias e dos modos de transporte mais eficientes em termos energéticos,como o transporte por vias navegáveis interiores.

As atividades consistem em desenvolver estudos preparatórios da fase seguinte do DIW, entre os quais estudos hidrográficos e estudos topográficos, planos de desenvolvimento e estudos para a conceção de um plano de Serviços de Informação Fluvial (River Information Services) e de modernização de MAGELLAN -Associação para a representação dos interesses portugueses no exterior16comunicações. O projeto contempla também módulos de formação e a preparação de um plano de emergência.

A Magellan foi subcontratada pela Administração do Porto de Leixões e Viana do Castelo (APDL) para coordenar a preparação da candidatura, sendo que assumiu as funções de Gestor Técnico e de Secretariado do projeto DIW 2020, após aprovação. A gestão do projeto tem como objetivo assegurar a supervisão e condução de todas as atividades sejam implementados durante o período da ação, incluindo a articulação entre os diferentes atores operacionais internos e externos para enquadramento do projeto, planificação de atividade e supervisão técnica, gestão das questões administrativas do projeto e a gestão de todas as atividades em comunicação com todos os líderes de atividade (entidades ou pessoas responsáveis por cada atividade). Entre outros, tal inclui os procedimentos administrativos e técnicos para a subcontratação, bem como a preparação e acompanhamento de reuniões, apoio e elaboração de relatórios periódicos técnicos e financeiros (ASR, Financial Statements, Final Report).

Março 2015 – Dezembro 2016
Posição: Subcontratado
Custo total do projeto: 4,7M€