Skip to main content Skip to search

Redes

A Magellan é membro de diversas plataformas e redes, em diferentes setores, tanto a nível nacional quanto europeu, relacionados com as suas principais áreas estratégicas. Tal permite que a Magellan esteja a par das principais tendências e desenvolvimentos políticos nos seus principais clusters de conhecimento, contribuindo diretamente para o valor acrescentado que trazemos aos nossos clientes e projetos.

Plataforma Tecnológica Waterborne

A WATERBORNE foi criada como uma Plataforma Tecnológica orientada para o setor marítimo para estabelecer um diálogo contínuo entre todas as partes interessadas, tais, como sociedades de classificação, construtores de navios, armadores, fabricantes de equipamentos marítimos, infraestruturas e prestadores de serviços, universidades ou institutos de investigação, e com as Instituições da UE, incluindo os Estados-Membros.

 

Os objetivos estratégicos da WATERBORNE são:

  • Estabelecer um diálogo contínuo entre todos os stakeholders do setor de transporte marítimo em Inovação e Desenvolvimento (I&D);
  • Contribuir para o mais amplo consenso possível em relação às prioridades de I&D;
  • Desenvolver uma Visão de I&D comum de médio e longo prazo e uma Agenda Estratégica de Investigação;
  • Contribuir para a mobilização e alocação adequadas dos recursos financeiros necessários (fontes privadas/regionais/nacionais/UE) para a concretização dos objetivos anteriores;
  • Contribuir para as expectativas sociais em relação ao transporte limpo, competitivo e seguro, bem como em relação a outras atividades relacionadas ao marítimo, incluindo educação e formação.

 

Friends of Europe

O Friends of Europe é um think-tank com base em Bruxelas, sem fins lucrativos, orientado pra análise e debate político na União Europeia. A organização, criada em 1999, não tem filiação política ou nacional e é independente das instituições da UE.

 

O Friends of Europe têm experiência em todo o espectro de questões que moldam a União Europeia do futuro. Das políticas industriais à saúde e ao meio ambiente, e da defesa e segurança às relações da Europa com a Ásia, África e EUA, o Friends of Europe assume-se como o principal think thank de Bruxelas.

 

SmartWaste Portugal

A Associação Smart Waste Portugal (ASWP) é uma associação sem fins lucrativos que tem por objeto criar uma plataforma de âmbito nacional, que potencie o resíduo como um recurso, atuando em toda a cadeia de valor do setor, promovendo a Investigação, o desenvolvimento e a inovação, potenciando e incentivando a cooperação entre as diversas entidades, públicas e privadas, nacionais e não nacionais. 

 

A ASWP tem assumido um papel preponderante na transição para a Economia Circular em Portugal agregando cerca de uma centena de entidades representantes do setor da gestão dos resíduos, indústria e distribuição, universidades e centros de investigação, consultoria e serviços entre outras. 

 

Enquanto entidade representativa do tecido empresarial e institucional português, a ASWP tem sido continuamente consultada para a definição das políticas nacionais e regionais na área da economia circular, garantindo ao mesmo tempo o envolvimento das empresas e promovendo as ações e prioridades nacionais nesta matéria junto de instituições internacionais.

 

Plataforma Tecnológica Portuguesa de Construção

A Plataforma Tecnológica Portuguesa da Construção (PTPC) posiciona-se como uma plataforma agregadora de conhecimento e de competências da fileira da arquitetura, engenharia e construção (“AEC”), com especial enfoque na promoção da competitividade do tecido empresarial. Com efeito, a PTPC tem como missão a promoção da reflexão sobre o setor da construção e implementação de iniciativas e projetos de investigação, desenvolvimento e inovação (“IDI”), que possam contribuir para o incremento da respetiva competitividade no quadro geral da economia. 

Neste contexto, a PTPC congrega e promove a cooperação entre grandes, pequenas e médias empresas , entidades do Sistema de Investigação e Inovação (“SI&I”), associações, federações, confederações, entidades públicas e privadas, do setor da construção e obras públicas ou com ele ligadas, juntando hoje mais de 50 associados que representam o setor em todas as vertentes da cadeia de valor (técnica, tecnológica, investigação e desenvolvimento e ensino).